Administrador convida empresários a investirem na Catumbela

Catumbela – O administrador municipal da Catumbela, Fernando Belo, convidou os empresários angolanos e estrangeiros a investirem na localidade, de maneira a transformarem o potencial na agro-indústria e turismo em desenvolvimento.

Falando por ocasião do 9º aniversário desde a elevação da Catumbela à categoria de município (5/10), Fernando Belo disse que a circunscrição é, por enquanto, a única que pode completar o transporte multimodal na província de Benguela, do marítimo ao aéreo, passando pelo ferroviário e rodoviário.

É nesse sentido que reconhece que a localidade precisa de investimentos, já que, a seu ver, Catumbela tem um grande potencial para ser um pulmão para o desenvolvimento da província, além de um postal entre as cidades de Benguela e do Lobito.

Relativamente ao estado actual da região, o edil destaca que, dentro de pouco tempo, entram em funcionamento mais 28 salas de aulas e cinco postos de saúde em construção, no âmbito do Programa Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

Também ressaltou melhorias a nível da iluminação pública e do saneamento básico, na sequência da limpeza, perfilhamento e manutenção das valas, incluindo a recelagem de algumas ruas da vila-sede da Catumbela.

O desafio agora, disse, é o de tornar a Catumbela o município mais limpo da província de Benguela, no quadro do projecto “Catumbela Verde”, que prevê a plantação de mudas de eucaliptos, acácias e palmeiras, não só na vila-sede como nas comunas do Gama, Praia do Bebé e Biópio.

Como explica, a macro-drenagem e a melhoria dos acessos continuarão a merecer atenção, tal como a interacção cada vez mais com a comunidade, de tal sorte a aprimorar a governação participativa.

No entanto, referiu que o município da Catumbela ainda enfrenta inúmeras dificuldades, sobretudo na gestão das bacias de retenção das águas pluviais, dada a existência de três lagoas que, por altura das chuvas, provocam inundação na vila-sede.

Também o regedor da Catumbela, soba Luís Tula Utima, reconhece haver mudanças positivas na recolha de resíduos sólidos e limpeza das valas, o que diminui os receios do passado em relação à aproximação das chuvas.

Já no capítulo da produção agrícola, o soba grande salienta a existência de terras aráveis férteis, mas reclama que no campo nem tudo vai bem por causa da carência dos fertilizantes, principalmente para os camponeses.

Devidamente distanciadas uma das outras, como medida de prevenção à covid-19, mais de 100 pessoas participaram segunda-feira do acto comemorativo de mais um aniversário da Catumbela, realizado defronte a um edifício histórico construído em 1893 e classificado como património histórico nacional em 1956,

Em 1905, a então povoação da Acessieira foi elevada à vila de Catumbela e o rio que hoje dá nome ao município e cujo açude é fonte de água que abastece todo o litoral da província de Benguela chamava-se Kutchilá (dançar na tradução portuguesa).

Com uma divisão administrativa que compreende as comunas da Catumbela (vila-sede), do Gama, Praia do Bebé e do Biópio, no município da Catumbela vivem, actualmente, mais de 205 mil habitantes.

0 0 votes
Avalia o Artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os Comentários
0
Adoraríamos que Comentasses x
()
x
%d blogueiros gostam disto: