Benguela: Detido segundo comandante da PIR por participação em jogo de
fortuna e azar ilegal

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) Benguela deteve o intendente Augusto Kalia, segundo comandante da Polícia de Intervenção Rápida (PIR), por alegado crime de exploração e prática de jogo clandestino, disse ao Novo Jornal o director do gabinete de comunicação da delegação do Ministério do Interior, superintendente-chefe Pinto Caimbambo.

Segundo fonte da Procuradoria-Geral da República (PGR), o segundo comandante da Polícia de Intervenção Rápida está a ser ouvido pelo magistrado do Ministério Público (MP) junto do SIC-Benguela para conhecer as eventuais medidas de coacção.
Está igualmente detido o chefe da escolta do segundo comandante por ser responsável pelo transporte de 27 milhões de Kwanzas que saiam de Benguela para a província do Cunene.
“A detenção do comando ocorreu quando as forças da ordem que se encontravam em serviço na Estrada Nacional número 105, que liga Benguela e Huíla, interpelaram duas viaturas que estavam a ser escoltadas por um efectivo da PIR, afecto ao gabinete do comandante”, disse, Pinto Caimbambo,
O responsável acrescentou que a bordo das duas viaturas se encontravam dois cidadãos de nacionalidade chinesa e que durante a actuação dos efectivos do SIC e da Polícia Nacional, alegaram que os referidos valores teriam destino às províncias da Huíla e do Cunene.
“Os valores resultantes de jogos ilegais foram apreendidos pela investigação criminal”, afirmou, salientando que a investigação do SIC-Benguela prossegue para esclarecer o caso devidamente.
O Novo Jornal apurou que, na sequência das diligências foram instaurados cinco processos-crime e foram detidas em flagrante quatro pessoas que provavelmente poderão ser ouvidos em primeiro interrogatório judicial pelo Ministério Público

0 0 votes
Avalia o Artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os Comentários
0
Adoraríamos que Comentasses x
()
x
%d blogueiros gostam disto: