Covid-19: Angola reporta mais 44 casos positivos nas últimas 24 horas

Edivaldo Cristóvão e Mazarino da Cunha

Angola registou segunda-feira (20) mais 44 casos positivos de Covid-19, elevando para 749 o número de infectados no país, informou o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

O governante explicou que dos infectados, 26 são homens e 18 são senhoras, com idades compreendidas entre os 16 a 74 anos, dois dos quais são cidadãos chineses comerciantes do espaço Comercial “Cidade da China”, no município de Viana. De acordo com o secretário de Estado para a Saúde Pública, em função disso, o estabelecimento comercial, com cerca de 300 lojas, estará a partir de hoje sob cerca sanitária.

Precisou que todos os casos foram registados na província de Luanda, sendo as localidades mais afectadas Viana, Belas, Ingombota, Samba, Rangel, Cacuaco e Talatona. Com os dados registados nas últimas 24 horas, o número de casos confirmados sobe para 749, sendo 29 óbitos, 221 pacientes recuperados e 499 activos.

Franco Mufinda informou que dos casos registados ontem, 26 são do sexo masculino e 18 são mulheres, com idades compreendidas entre 16 e 74 anos. Segundo o secretário de Estado, dos 499 casos activos, 15 continuam em estado crítico com tratamento de ventilação mecânica invasiva, três têm necessidade de hemodiálise e um de oxigenoterapia.

O secretário de Estado apelou à população para evitar a permanência em mercados, paragens de táxi e outros locais onde há aglomerados de pessoas. Realçou que as medidas de prevenção devem incluir o uso obrigatório da máscara, lavagem constante das mãos com água e sabão, uso de álcool-gel para desinfecção e a não violação da cerca sanitária. 

O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebeu ontem 72 chamadas, incluindo 64 pedidos de informação sobre a Covid-19. Franco Mufinda disse que nas últimas 24 horas foram processadas 341 amostras em biologia molecular, das quais 44 reputaram positivas. Das 48.486 amostras em biologia molecular processadas até ontem, disse, 749 foram positivas e 47.737 negativas.

No segmento da testagem rápida serológica, nas últimas 24 horas foram testadas 254 pessoas. Deste número, oito foram reactivas, o que significa que 3,1 em cada 100 pessoas rastreadas estiveram expostas ao SARS-Cov-2.

De acordo com o secretário de Estado,até ontem 22.621cidadãos foram submetidos à testagem rápida, tendo-se registado 1.044 casos reactivos. Isto pressupõe que 4,6 em cada 100 pessoas rastreadas estariam expostas ao vírus. Em quarenta institucional estão 942 cidadãos e 3.832 estão sob vigilância sanitária.

0 0 votes
Avalia o Artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os Comentários
0
Adoraríamos que Comentasses x
()
x
%d blogueiros gostam disto: