Covid-19 “trava” projectos dos antigos combatentes

Luanda – A pandemia da Covid-19 está a impedir a materialização dos projectos sócio-ecónomicos gizados pela associação dos antigos combatentes para este ano, afirmou, neste domingo, o presidente da agremiação, Constantino dos Santos. , 

Em declarações à Angop a propósito  do trigésimo segundo aniversário da colectividade assinalado a 8 deste mês, Constantino dos Santos apontou a interrupção dos projectos nas províncias do Cunene e do Moxico devido à Covid-19.

Informou que os referidos projectos, cuja implementação tiveram início em 2019, congregam 1500 associados.

Conforme o responsável, devido à pandemia da Covid-19 a associação enfrenta dificuldades financeiras, aliadas as medidas de confinamento de social, para dar sequência aos projectos.

Adiantou que os filiados fazem parte do grupo de risco, facto que os obriga a redobrar os cuidados.

A associação dos antigos combatentes foi fundada a 8 de Agosto de 1988 e engloba no seu seio todos os angolanos que tenham lutado pela independência nacional.

0 0 votes
Avalia o Artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os Comentários
0
Adoraríamos que Comentasses x
()
x
%d blogueiros gostam disto: