Desinvestimento das
“majors” até 2030 complica
combate ao declínio da
produção em Angola

O arranque do processo de transição da BP, Shell e Total de empresas que actuam somente no sector do petróleo e gás para empresas que integram energias renováveis nas suas operações, iniciado este ano, complica o plano do Executivo angolano para travar o declínio da produção e repor as reservas petrolíferas do país. Tudo porque aquelas que estão entre as principais candidatas a mais de metade dos 55 blocos petrolíferos que a Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG) pretende atribuir até 2025 estão de olhos postos no futuro e começam a investir menos em petróleo, para canalizar fundos para as energias renováveis.

Só a Total não deverá parar, para já, as apostas no mundo e em Angola. Mas a aposta recai agora em procurar parceiros de investimento para actividades que por norma tem desenvolvido sozinha.
O impacto a curto prazo para Angola pode surgir por via da BP, que anunciou no início deste mês que até 2030 vai reduzir os investimentos em petróleo e gás e aumentar os investimentos em energias de emissão zero carbono. E até já fez contas ao investimento que terá disponível e que já arrancou com 500 milhões USD este ano, numa verba que irá subir até aos 5.000 milhões USD por ano até 2030.
O investigador do Centro de Estudos e Investigação Científica (CEIC) Universidade Católica de Angola, José Oliveira, revela que em relação à BP e como já foi admitido, embora não oficialmente, pode acontecer que ela venha a vender os seus interesses em alguns blocos como o 18 e o 31, onde é operadora. “Mas não nos preocupemos porque alguma companhia os vai adquirir”.
Contactada pelo Expansão, a BP Angola diz que não comenta o assunto, mas reitera que apesar de o plano para transição da empresa publicado no início do mês ser para cumprir, o negócio do petróleo continuará a ser relevante. Pelo menos para já.

0 0 votes
Avalia o Artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os Comentários
0
Adoraríamos que Comentasses x
()
x
%d blogueiros gostam disto: