Empresa angolana quer conquistar mercado de charutos

A GSolecigars, firma que actua na comercialização de charutos no mercado angolano, desde Março do ano em curso, obteve um saldo positivo de 70% nas vendas, arrecadando 20 milhões de Kz, revelou em exclusivo ao Mercado, o CEO da empresa.

Com foco na melhoria contínua da qualidade do produto, tendo em conta a expansão da marca para outras partes do mundo, Hélder Mangueira, precisou que as vendas foram feitas em quatro meses numa altura em que vigorava no País o Estado de Emergência. E isto apenas foi alcançado, como frisa, graças a um estudo bem delineado do mercado e crédito no potencial do produto.

De acordo com Hélder Mangueira, com o surgimento da COVID-19, as pessoas tiveram de ficar confinadas e o consumo de charuto tornou-se maior, aumentando o número de vendas. “Foi criada uma estratégia de contingência com efeitos positivos. Por duas vezes, a empresa teve rotura no stock, pelo que se fez uma análise de vendas mensal em termos de cada vitola, o que permitiu ter maior controlo do stock”, disse.

Ainda assim, avança, a empresa optou por um stock limitado por ser uma marca nova e já existir players com maior experiência e diferentes clientes no mercado. Para o empreendedor, nem todas as crises são más, algumas servem para impulsionar os negócios e arrecadar receitas.

Ressalta que as pressões dos impostos afectam o investimento sempre, uma vez que os charutos estão na lista de produtos de luxo, o facto desincentiva o empresariado do sector. “Pessoalmente sinto-me desmotivado quando é aplicado um imposto não sobre o valor da factura mas sobre o preço que se vende o produto e ter apenas a opção de aceitar por serem regras”, afirma.

O gestor sublinha que a importação tem implicância nas restrições do negócio, sendo que a questão do câmbio da moeda estrangeira dificulta o pagamento das aquisições do produto no exterior do País, aliada às dificuldades das transferências. O resultado, afirma, é o impacto no preço elevado do produto ao consumidor final.

0 0 votes
Avalia o Artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os Comentários
0
Adoraríamos que Comentasses x
()
x
%d blogueiros gostam disto: