Mais de 70 mil cidadãos «abandonaram» livretes e cartas na DNVT

Na província de Luanda, mais de 70 mil cidadãos «abandonaram» livretes e cartas de condução nas repartições da Direcção de Trânsito e Segurança Rodoviária da Polícia Nacional. Segundo aquele órgão do Ministério do Interior, o não-levantamento da parte dos requerentes é uma realidade que se verifica há 18 anos

Cerca de 10 mil e 501 cartas de condução e 67 mil 534 livretes aguardam, desde 2002, por levantamentos dos seus requerentes junto da Direcção de Trânsito e Segurança Rodoviária da Polícia Nacional de Angola (DTSR/PNA).

Os documentos pertencem a cidadãos que residem na província de Luanda, informou ao Novo Jornal Angelino Serrote, chefe do Departamento de Habilitação de Condutores da DTSR/PNA.

“São documentos que estão emitidos desde 2002. Estes dados são referentes apenas à provincia de Luanda. Temos utilizado vários canais de comunicação para apelar aos cidadãos, no sentido de procederem ao levantamento dos seus documentos. Fizemos várias campanhas através dos meios de comunicação, inclusive efectuámos ligações telefónicas aos requerentes, o que nos permitiu entregar vários documentos”, explicou.

Até Janeiro deste ano, a Direcção Nacional de Viação e Trânsito (DNVT) havia anunciado a existência de 90 mil cartas de condução que aguardavam por levantamento. Olhando para os números actuais, estima-se que, de Janeiro até à data, mais de 80 mil cartas de condução tenham sido entregues aos seus requerentes, fruto de campanhas de sensibilização.

De acordo com Angelino Serrote, a DTSR engajou-se, numa primeira fase, na entrega de documentos emitidos em anos anteriores, cujos proprietários não procuravam pelos seus serviços, tendo, até Junho de 2019, entregue aos utentes mais de 120 mil documentos, entre cartas e livretes.

A nível da província de Luanda, o levantamento dos referidos documentos, segundo a DNVT, é feito nas secções municipais e nos Serviços de Atendimento ao Cidadão (SIAC) de Cacuaco, Viana, Zango, Talatona, Nosso Centro e do Cazenga.

Este jornal sabe que, diariamente, são emitidas mais de 700 cartas de condução e 50 livretes nas províncias de Luanda, Namibe, Malanje, Huíla, Kwanza-Norte e Bengo.

0 0 votes
Avalia o Artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os Comentários
0
Adoraríamos que Comentasses x
()
x
%d blogueiros gostam disto: