PGR assegura que adiamento da audição aos generais Kopelipa e Dino não interfere na investigação

O adiamento da audição, prevista para ontem, a Leopoldino do Nascimento “Dino”, ex-Chefe de Comunicações e Hélder Vieira Dias Júnior “Kopelipa” , antigo ministro de Estado e chefe da Casa Militar do presidente Eduardo dos Santos, ocorre na sequência de um pedido feito pela defesa dos generais, constituídos arguidos na semana passada por suspeita de envolvimento em negócios no caso que envolve a construção de imóveis por uma companhia chinesa

A Procuradoria Geral da Republica, assegurou que o adiamento da audição aos generais Leopoldino do Nascimento “Dino” e Hélder Vieira Dias Júnior “Kopelipa”, para a próxima semana, não vai interferir no processo de investigação aos antigos colaboradores directos de José Eduardo dos Santos.

O adiamento da audição, prevista para ontem, a Leopoldino do Nascimento “Dino”, ex-Chefe de Comunicações e Hélder Vieira Dias Júnior “Kopelipa”, antigo ministro de Estado e chefe da Casa Militar do presidente Eduardo dos Santos, remarcada para os dias 13 e 14 deste mês, ocorre na sequência de um pedido feito pela defesa dos generais, constituídos arguidos na semana passada por suspeita de envolvimento em negócios no caso que envolve a construção de imóveis por uma companhia chinesa.

Em declarações a O PAÍS, o porta- voz da Procuradoria-Geral da República (PGR), Álvaro João, disse que a transição da audiência para os dias 13 e 14 em nada atrapalhará o processo de investigação envolvendo os dois generais. Conforme explicou, até lá, as acções e processos investigativos vão seguir os seus trâmites normais sem prejuízo algum.

0 0 votes
Avalia o Artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os Comentários
0
Adoraríamos que Comentasses x
()
x
%d blogueiros gostam disto: