Ponte sobre o rio Lukulo concluída em três meses

Mbanza Kongo – A ligação rodoviária entre a sede municipal do Soyo e a comuna de Quêlo, província do Zaire, será estabelecida pela primeira vez, em Novembro próximo, com a conclusão da construção de uma ponte de betão armado com 14 metros de comprimento e cinco de largura sobre o rio Lukulo.,

As obras desta ponte iniciaram esta segunda-feira e com a sua conclusão encurtará a distância entre o Quêlo e a cidade do Soyo para 50 quilómetros, contra os 105 quilómetros que as viaturas percorrem actualmente, contornando a vizinha comuna de Mangue Grande.

O regedor comunal do Quêlo, José Augusto Maria, revelou à Angop, que a ausência de uma ponte sobre o rio Lukulo data desde a época colonial, o que impede a ligação directa entre a cidade do Soyo e a sua localidade.

Segundo disse, uma ponte construída de material rudimentar (Bambus) garante actualmente a travessia de peões entre a sede municipal e a referida comuna.

Sem avançar custos, o encarregado da obra, José Borges, avançou que a infra-estrutura terá uma capacidade de suportar 150 toneladas, cuja execução está a cargo de uma equipa constituída por 30 operários.

Para o administrador comunal do Quêlo, Raúl Alfredo, a construção da ponte sobre o rio Lukulo vai galvanizar a vida social e económica dos cerca de quatro mil habitantes da sua localidade.

Testemunhou o início das obras, o governador provincial do Zaire, Pedro Makita Armando Júlia, tendo recomendado celeridade e qualidade na execução desta infra-estrutura rodoviária.

Na ocasião, o governador reafirmou a aposta na terraplenagem das vias secundárias que ligam as sedes municipais e respectivas comunas, com o suporte da brigada de conservação e manutenção das estradas atribuída a esta região.

0 0 votes
Avalia o Artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os Comentários
0
Adoraríamos que Comentasses x
()
x
%d blogueiros gostam disto: