Os segredos do Santuário de Fátima: Da polémica dos despedimentos às fontes de receita

Fique a conhecer as verdadeiras fontes de receita do Santuário de Fátima cujas contas são um segredo desde há 14 anos e da polémica dos despedimentos.

Santuário de Fátima despedimentos e fontes de receita.  A pandemia causou um rombo nas contas

Santuário de Fátima despedimentos e fontes de receita

A pandemia de Covid-19 causou um rombo nunca visto nas contas do Santuário de Fátima. Os donativos dos fiéis caíram quase 80 por cento. Primeiro falou-se em despedimentos, depois bispos e reitoria corrigiram o tiro e apontaram para rescisões amigáveis e reformas antecipadas e passar de 318 para 250 funcionários.

A imprensa teve acesso à carta que os funcionários receberam. A carta que fez rebentar toda a polémica.

As contas do Santuário são desde há 14 anos o grande segredo de Fátima. A última vez que foram reveladas foi em 2006. Relativas ao exercício de 2005. Nessa altura o santuário registou uma receita de 17,2 milhões de euros sendo quase 10 milhões em esmolas dos fiéis que são livres de impostos.

São reveladas quais são as principais fontes de receitas do santuário.

Hoje as ofertas dos fiéis são sobretudo em dinheiro mas ao longo de décadas eram muitos os que ofereciam pe

ças em ouro, em agradecimento a Nossa Senhora. No início deste século o Santuário de Fátima tinha na sua posse mais de 300 quilos de ouro.

As velas são também uma importante fonte de receitas. Muita da cera queimada é reciclada e vendida para as fábricas de velas.

Fonte: CM

0 0 votes
Avalia o Artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os Comentários
0
Adoraríamos que Comentasses x
()
x
%d blogueiros gostam disto: