Cuito Cuanavale acolhe ato central do dia da Libertação da África Austral

O município do Cuito Cuanavale, província do Cuando Cubango, acolhe esta terça-feira (23) o ato central das celebrações dos 33 anos da Batalha do Cuito Cuanavale, dia da Libertação da África Austral.

A cerimónia simbólica, devido à pandemia da covid-19, será presidida pelo Ministro da Defesa, Ernesto Liberdade, e contará com uma parada militar e exaltação do antigos combatentes da batalha do Cuito Cuanavale.

Em 17 de agosto de 2018, o 23 de Março, foi adotado como o “Dia de Libertação da África Austral pelo Chefes de Estados da SADC, em Windhoek, Namíbia.

A data simboliza a conquista da Independência da Namíbia, libertação de Nelson Mandela e o fim do Apartheid, regime de segregação racial que vigorava na África do Sul. 

A Batalha de Cuíto Cuanavale é considerada o maior confronto militar da guerra civil angolana e a batalha mais prolongada do continente africano desde a Segunda Guerra Mundial. Teve lugar entre 15 de novembro de 1987 e 23 de março de 1988, envolvendo 4 exércitos: FAPLA (Forças Armadas Populares de Libertação de Angola, braço armado do MPLA) e FAR (Forças Armadas Revolucionárias Cubanas) contra FALA (Forças Armadas de Libertação de Angola, braço armado da UNITA) e o exército sul-africano.

0 0 vote
Avalia o Artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os Comentários
0
Adoraríamos que Comentasses x
()
x
%d blogueiros gostam disto: