Minsa incentiva especialização

Dundo – A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, incentivou, no Dundo, Lunda Norte, os profissionais do sector a se especializarem, evitando que o Estado gaste verbas na importação de médicos especialistas.

Sílvia Lutucuta respondia esta terça-feira sobre a falta de médico ortopedista na província da Lunda Norte, no termo da sua visita de algumas horas, com o objectivo de se inteirar das obras de requalificação do Centro de Diagnóstico do Dundo, onde será instalado o laboratório local para o teste da Covid-19.

“Os nossos jovens enfermeiros, que estão a entrar no concurso, têm que se formar fazendo especializações, para evitarmos a importação de quadros que é mais oneroso para o Estado”, frisou.

Conforme a ministra, o ministério vai trabalhar para encontrar soluções, quer no interior como no exterior do país, para a formação e/ou especialização de vários quadros recém-ingressados no concurso público.

Sobre a necessidade da Lunda Norte, disse que o Ministério vai trabalhar com o governo cubano para a contratação de um médico ortopedista, evitando que os cidadãos se desloquem à Lunda Sul em busca deste serviço.

Actualmente a província conta com 14 hospitais, 19 centros de saúde, 69 postos de saúde, totalizando 102 unidades hospitalares, asseguradas por 64 médicos e 800 enfermeiros.

0 0 vote
Avalia o Artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os Comentários
0
Adoraríamos que Comentasses x
()
x
%d blogueiros gostam disto: