PSG e Basaksehir retiram suas equipas de campo após acto racista de árbitro

Essa terça-feira, 08, ficará marcada por um momento histórico no futebol mundial. O Paris Saint-Germain e o Basaksehir retiraram as suas equipas de campo, em disputa pela Champions League, após uma acusação de racismo por parte do quarto árbitro da partida, o romeno Sebastian Colţescu.

De acordo com jogadores da equipa turca, o quarto árbitro Sebastian Colţescu, proferiu ofensas racistas contra Pierre Webó, integrante da comissão técnica do Istanbul, com isso, as duas equipas decidiram se retirar de campo em decisão histórica.

Enquanto o jogo estava paralisado, antes das equipas se retirarem, houve longa discussão entre a arbitragem e atletas das duas equipas. Em certo momento, Neymar e Mbappé conversaram com o árbitro principal, Ovidiu Hategan, deixando claro que não continuariam no jogo enquanto o quarto árbitro estivesse ali.

“Não vamos jogar com esse cara aqui. Se esse cara não sair daqui, não vamos jogar!”, afirmou Mbappé.

Ao lado do francês, Neymar balançava a cabeça negativamente em direcção ao árbitro, recusando-se a seguir em campo, e repetia: “Nós não vamos jogar”.

A resolução final da UEFA é que o jogo entre PSG e Istanbul Basaksehir será retomado nesta quarta-feira, às 18h55 (de Luanda).

0 0 vote
Avalia o Artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os Comentários
0
Adoraríamos que Comentasses x
()
x
%d blogueiros gostam disto: